31 de maio de 2017

summer love - parte 7
31 maio

summer love - parte 7


Imagem relacionada


A casa estava cheia de pessoas, havia comida e bebidas por toda a parte, havia uma piscina enorme no jardim cheia de balões, música vinda das colunas,  e estava tudo muito animado.

Rita: Olááá, como estão?

A Carla apresentou-nos e depois juntou-se ao resto das pessoas que estavam na sala a beber e a conversar.
Ao fundo da sala, estavam uns rapazes muito animados, um deles chamou-me a atenção, a cara dele não me era estranha, mas não dei grande importância na altura. Juntei-me aos meus amigos e comecei a dançar, a música estava boa e eles estavam bem divertidos, principalmente a Carla e o Francisco, que já estavam com uns copitos a mais.

Carla: Amigaaaaaa!!! Adoro-te!!!

Alice (eu): Eu sei, eu sei! Ahah também te adoro!

Puxou-me e dançamos as duas, todas divertidas no meio da sala. 

Francisco: Ahahah vocês estão bonitas estão! Bebam água!

Alice (eu): Claro, claro... olha quem fala!!!

Nesse instante, agarra-me e dá-me um beijo na bochecha. Senti logo o cheiro a álcool e afastei-o, ficou um pouco amuado.
Fui buscar uma bebida e petiscar algo quando senti uma mão tocar-me no ombro. Era o rapaz cuja cara não me era estranha.
 Mal sabia eu que vinham aí problemas.

Rapaz: Olá rapariga dos olhos verdes! 

Alice (eu): Desculpa?

Rapaz: Não te lembras de mim?

Alice (eu):...

Rapaz: Pois... Sou o Lucas! Conhecemos-nos na festa da praia!

Alice (eu): não me lembro...

Puxou-me pela anca e começou a dançar bem agarrado a mim.

Lucas: e agora já te lembras? ahahah

Alice(eu): então? larga-me!

O Lucas era giro, mas abusava nas atitudes, tais atitudes que me estavam a incomodar naquele momento. Não tinha interesse nenhum nele, pois já tinha um certo interesse pelo Francisco, sem me dar conta.

Bernardo: Viste o Francisco?

Alice: Não...Não estava contigo?

Bernardo: Não sei mesmo onde se meteu...também já estava um pouco bêbado...cá para mim meteu-se com alguma miúda...

Só de ter pensado naquela hipótese, o meu estômago andou às voltas, nem eu percebi o porquê daquela sensação.
Voltei ao normal, quando me virei e vi o Francisco furioso a ir na direcção do Lucas.

Francisco: Que é que este gajo está aqui a fazer?

E espeta-lhe um valente soco na cara. Os dois começaram à bulha um com o outro e as pessoas a agarra-los para os conseguirem separar.

Alice: Parem!!!
Carla: estão parvos???

Depois de separados, corri logo para o Francisco, que estava a ir em direcção ao jardim seguido pelo Bernardo.

Alice: Que é que te deu? - disse furiosa.

Bernardo: Estas bem?

Francisco: estou, não te preocupes!

Do lado de dentro, ouço a Carla a chamar o Bernardo. O Bernardo acabou por ir ao encontro dela deixando-nos a sós.
Sentei-me ao lado do Francisco impaciente por obter resposta da parte dele, mas fui ignorada.

Alice: o álcool deixa mesmo as pessoas mais violentas... sinceramente Francisco...era escusado tudo isto!

Francisco: Mas tu achas o quê?? Que eu ia voltar a assistir a mais uma cena daquelas como a da festa da praia?? poupa-me! 

Alice: a sério Francisco!?! nem o reconheci e ele puxou-me logo para ele, não fui por livre vontade... também não aconteceu assim nada de grave!

Virou-se e olhou-me indignado.

Francisco: Tu ainda não percebes-te pois não...

Alice: Perceber o quê? - levantei a voz.

Francisco: Eu não suporto ver-te com aquele gajo!!!

Alice: como assim? - fiquei confusa.

Francisco: Aliás com nenhum gajo...

Alice: Hãn?!

Levantou-se e seguiu ate à piscina, chutando furiosamente um balão. Segui-o confusa, sem perceber nada do que ele estava para ali a dizer.

Alice: hey, Francisco?

Virou-se rapidamente e encarou-me.

Francisco: Eu gosto de ti!

Alice: Gostas de mim... - disse estupefacta.

Francisco: Sim, gosto! mais do que amizade...

De repente ouviu-se umas sirenes, perto de casa da Rita, a vizinhança tinha chamado a polícia por causa do barulho da festa, que lhes estava a causar incómodo. 
Naquela noite todos saíram dalí, a correr, pelas traseiras, incluindo eu e o Francisco, que acabamos por nos separar devido à confusão. Só encontrei mais tarde a Carla, que me ligou, muito preocupada, a perguntar onde estava.
Quem diria que aquela noite acabaria assim.










1 comentário:

  1. Hey! Este será o meu novo blog a partir de hoje, gostava muito que seguisses eheh
    http://abitofme19.blogspot.pt/
    Beijinhos eheh

    ResponderEliminar